terça-feira, 15 de abril de 2014

O Verdadeiro Sofrimento de Jesus na Cruz do Calvário!

Semana Santa
Todo ano na semana santa, muitos canais de televisão exibem filmes sobre os últimos dias de Jesus na terra, com o Sua crucificação e morte. Mas você sabe o que significa a palavra calvário, e qual foi o sofrimento de Jesus até a crucificação e depois a morte na cruz? Nos filmes parece tão rápido, mas quando foi lançado um filme que mostrou com mais realidade o sofrimento de Jesus, muitas pessoas que o assistiram, entraram em choque por ver como Jesus sofreu para nos salvar. Como o cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, foi sacrificado e morto para nos salvar. E hoje em dia, nós seres humanos, estamos dando tão pouco valor a vida.
Muitos não estão abrindo espaço para o amor de Cristo, quando ele bate a porta para cear em sua companhia, tem sido total falta de Deus em muitas vidas, que são perdidas e tiradas por idolatrias sem sentido e sem valor, como: Times de futebol, artistas, vícios e muitos outros prazeres que acabam quando nossas vidas também se acabam. 

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Evangelhos Sinópticos

Os evangelhos de Mateus, Marcos, e Lucas são conhecidos como Evangelhos Sinópticos ou sinóticos, devido a conterem uma grande quantidade de histórias em comum, na mesma sequência, e algumas vezes, utilizando exatamente a mesma estrutura de palavras. Tal grau de paralelismo relativo ao conteúdo, narrativa, linguagem e estruturas das frases, somente pode ocorrer em uma literatura interdependente. Muitos estudiosos acreditam que esses evangelhos compartilham o mesmo ponto de vista e são claramente ligados entre si. Desde que a exegese começou a ser aplicada à Bíblia ainda no século XVIII, os exegetas os chamaram de evangelhos sinópticos uma vez que se aperceberam que, dos quatro evangelhos, os três primeiros apresentavam grandes semelhanças entre si, de tal forma que se colocados em três grelhas paralelas - donde vem o nome sinóptico, do grego συν, "syn" («junto») e οψις, "opsis" («ver») , os assuntos neles abordados correspondiam quase inteiramente. Ou seja, são classificados assim, por fazerem parte em uma mesma visão, ou mesmo ponto de vista.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Quem foi Vespasiano?

Imperador vespaziano
Tito Flávio Sabino Vespasiano (em latim: Titus Flavius Vespasianus, perto de Rieti, 17 de novembro de 9 — Aquae Cutiliae, 23 de junho 79), foi um imperador romano, o primeiro da dinastia flaviana, que ocupou o poder em 69 d.C., logo após o suicídio de Nero (68 d.C.) e o conturbado ano dos quatro imperadores (69 d.C.). Foi proclamado imperador pelos seus próprios soldados em Alexandria. Sucederam-lhe sucessivamente dois dos seus filhos, Tito e Domiciano.
De origem modesta, descendia de uma família do ordo equester que atingira o classe senatorial durante os reinados dos imperadores da dinastia júlio-claudiana. Designado cônsul em 51 d.C., ganhou renome como comandante militar, destacando-se na invasão romana da Britânia (43 d.C). Comandou as forças romanas que fizeram face à primeira guerra judaico-romana de 66 d.C. Quando se dispunha a sitiar Jerusalém, a capital rebelde, o imperador Nero suicidou-se, mergulhando o império num ano de guerras civis conhecido como o "ano dos quatro imperadores".

terça-feira, 25 de março de 2014

Ex-Crente !

Ex crente
Caros leitores, amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, já fazia algum tempo que eu não escrevia uma crônica sobre um assunto da atualidade, e que atinge a todos nós crentes ou não. Outro dia estava procurando uma vídeo aula no You Tube sobre artesanato, e como sempre o site lista ao lado vídeos sobre diversos assuntos que possam lhe interessar, estava entre estes vídeos, um com o título: "Testemunho de uma ex-evangélica!".
Resolvi assistir o vídeo, e achei muito interessante por causa do tema. É bom saber o que passa na cabeça de muitas pessoas, suas experiências e seus sentimentos, porque afinal  a igreja é formada por todos nós.
Sabemos que, como seres humanos, todos nós temos nossas falhas, e que não somos santos, na verdade queremos ser santos, mas ainda não somos. É uma luta constante que vivemos entre a carne e o espírito, e como somos humanos e vivemos na terra, muitas vezes a carne ganha. Para que o espírito comece a vencer cada vez mais esta batalha, temos que nascer de novo a cada dia, a cada hora, a cada minuto e a cada segundo da nossa existência, colocando por terra todos os nossos sentimentos humanos, que muitas vezes nos leva a derrota nesta batalha tão épica e constante.

terça-feira, 18 de março de 2014

O que você sabe sobre o Opus Dei ?

Opus Dei
A Prelazia da Santa Cruz e Opus Dei (em latim: Obra de Deus) é uma instituição hierárquica da Igreja Católica, uma Prelazia Pessoal (prelatura pessoal em Portugal), composta por leigos, casados, solteiros e sacerdotes. Tem como finalidade participar da missão evangelizadora da Igreja. Concretamente, o Opus Dei procura difundir a vida cristã no mundo, no trabalho e na família, a chamada universal à santidade e o valor santificador do trabalho quotidiano.
O Opus Dei foi fundado por São Josemaría Escrivá de Balaguer em 2 de Outubro de 1928 em Madrid, na Espanha. "A Obra de Deus não foi imaginada por um homem", escreveu Monsenhor Josemaría; "Há muitos anos que o Senhor a inspirava a um instrumento inepto e surdo, que a viu pela primeira vez no dia dos Santos Anjos da Guarda, no dia 2 de outubro de 1928."
Em 14 de Fevereiro de 1930, o fundador compreendeu que a instituição também deveria desenvolver o apostolado entre as mulheres, e posteriormente para receber e atender ao clero da Prelazia foi fundada, em 14 de Fevereiro de 1943, a Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz, composta exclusivamente de clérigos e inseparavelmente unida ao Opus Dei.

quarta-feira, 5 de março de 2014

A História de Daniel.

O profeta Daniel
Daniel era um profeta de Deus, a sua vida e profecias estão no Antigo Testamento em seu livro,o significado do nome é "Aquele que é julgado por Deus" ou "Deus assim julgou", ou ainda, "Deus é meu juiz", era da tribo de Judá, nascido em Jerusalém, cerca de 620 a C, durante o reinado de Josias, e provavelmente da família real.
No terceiro ano de Jeoaquim como rei de Judá, o rei Nabucodonosor, da Babilônia, atacou Jerusalém, e os seus soldados cercaram a cidade. Nabucodonosor conquistou cidade e pilhou objetos de valor que estavam no Templo de Jerusalém. Nabucodonosor levou esses objetos para a Babilônia e mandou colocá-los no templo do seu deus, na sala do tesouro. O rei Nabucodonosor chamou Aspenaz, o chefe dos serviços do palácio, e mandou que escolhesse entre os prisioneiros israelitas alguns jovens da família do rei e também das famílias nobres.